Interfarma faz doação para campanha SOS Saúde Amazonas

Interfarma faz doação para campanha SOS Saúde Amazonas

Interfarma doou na noite da quinta-feira, 11.02, R$ 50 mil para a campanha SOS Saúde Amazonas. O anúncio foi feito pela presidente da Associação, Elizabeth de Carvalhaes,  durante a live organizada pelo Grupo VIP Battistini e pela Regus e Spaces para discutir os desafios no enfrentamento da pandemia e formas de solucioná-los.   

É uma ação solidária importantíssima e a sociedade precisa mergulhar em busca de soluções. Nós temos que nos unir e colaborar para não permitir que a nova cepa do vírus se alastre para o resto do país. As associadas da Interfarma vão doar R$ 50 mil, paralela a outras medidas realizadas para enfrentar a pandemia de coronavírus”, afirmou Elizabeth ao anunciar a doação da Interfarma. A Associação Olhar de Bia receberá todo o valor arrecadado para a campanha SOS Saúde Amazonas e o encaminhará para a região.  

Durante sua fala, Elizabeth destacou ainda o trabalho incansável da indústria farmacêutica no enfrentamento da pandemia de coronavírus. “Com a pandemia, as farmacêuticas mergulharam dia e noite na busca da solução. É a ciência que pode colaborar, seja com as vacinas ou com a cura, se um dia houver, com os antivirais. Os laboratórios internacionais fizeram colaborações sem precedentes na busca por uma solução”, afirmou a presidente da Interfarma 

Para Elizabeth, a pesquisa e desenvolvimento de tecnologias avançadas realizadas pela indústria farmacêutica foram essenciais para termos imunizantes contra o Covid-19 em um período tão curto. “Vacinas requerem uma pesquisa profunda. Levam em média mais de 5 anos para serem desenvolvidas. Mas a pandemia não permite esse prazo. A ajuda entre as farmacêuticas, startups e outras instituições e o avanço tecnológico permitiram chegar a vacinas contra a Covid-19 em menos de um ano”, pontuou.  

A live teve ainda a participação de João Carlos Carmago, Presidente do conselho da 89 Invest;  Emanuel Catori, CEO e Proprietário da Farmacêutica Belcher; Roberto Vilela, CEO da RV Imola; e Andressa Degaut, diretora de Programa da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde.