INTERFARMA participa de reunião da Coalização Empresarial de Propriedade Intelectual da CNI

INTERFARMA participa de reunião da Coalização Empresarial de Propriedade Intelectual da CNI

Na última sexta-feira dia 24, a INTERFARMA participou da segunda reunião do ano da Coalização Empresarial de Propriedade Intelectual da Confederação Nacional da Indústria (CEPI/CNI), que contou com a participação de representantes de entidades e autoridades de diversos setores.

O Ministério das Relações Exteriores apresentou ações de aproximação do Brasil com a World Intellectual Property Organization (WIPO). Dentre as iniciativas, estavam a WIPO Green, plataforma online para troca de informações sobre tecnologias ambientalmente amigáveis; WIPO Lex, banco de dados global que fornece acesso gratuito a informações legais sobre propriedade intelectual; WIPO Lex Sentencias, que visa construir base de dados com decisões judiciais sobre PI em cada membro; e o Building Respect for Intellectual Property Project (BRI), cujo objetivo é promover um ambiente em que o sistema de proteção forneça benefícios tanto para proprietários quanto para usuários de PI.

A JHM Pesquisa trouxe dados sobre a economia ilícita relacionada às infrações em PI, no Brasil e no mundo, e formas de combate tal atividade criminosa. Para mais informações, acesse https://economiailicita.com.br/. O site apresenta trabalhos e vídeos-conceitos sobre o tema, além de associações internacionais engajadas no combate à atividade.

Os representantes do Governo Britânico trouxeram informações sobre financiamento do Prosperity Fund e de recursos doados ao INPI para combate ao backlog de patentes, além de iniciativas conjuntas do Escritório de Propriedade Intelectual do Reino Unido (UKIPO) com o INPI.

Por fim, o INPI trouxe informações sobre as alterações feitas no órgão e os objetivos traçados pelo Instituto, além de apresentar o projeto INPI Negócios.

A próxima reunião do CEPI, prevista para acontecer em meados do mês de maio trará a discussão sobre as contribuições à Estratégia Nacional de Propriedade Intelectual do Grupo Interministerial de Propriedade Intelectual (GIPI), que passará por consulta pública ainda neste semestre.