Mercado Aberto: Freio nas farmacêuticas
Setor 13/02/2015

Mercado Aberto: Freio nas farmacêuticas

Folha de S.Paulo
Colunista: Maria Cristina Farias

A indústria farmacêutica registrou alta de 10,3% no valor de suas vendas em janeiro na comparação com o mesmo mês de 2014. O faturamento foi de R$ 5,5 bilhões.
Apesar do resultado positivo, o crescimento foi o menor registrado em um mês de janeiro desde 2009, quando o setor avançou 3,71%.
A desaceleração é creditada à crise econômica. Na comparação com dezembro, houve um recuo de 6,64%.
De dezembro de 2013 para janeiro de 2014, a queda havia sido de 0,4%. "O custo de produção também está nos prejudicando. Cerca de 95% da nossa matéria-prima é importada e, com o dólar alto, fica difícil", diz o presidente do Sindusfarma (sindicato do setor), Nelson Mussolini.
"Tudo isso afetará o consumidor, pois os descontos concedidos no preço de venda dos medicamentos deverão ser reduzidos."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *