Processos na Justiça atingem cifras milionárias
Interfarma 04/05/2015

Processos na Justiça atingem cifras milionárias

O Estado de S.Paulo
As despesas do Ministério da Saúde provocadas por ações judiciais têm crescido expressivamente, segundo levantamento da Interfarma (que representa as farmacêuticas multinacionais). Nos últimos três anos, o valor pago na chamada “judicialização da saúde” saltou de R$ 367 milhões para R$ 844 milhões em 2014: um aumento de 129%. As ações judiciais são motivadas pela falta de acesso a tratamentos no SUS, seja por falta de disponibilidade dos medicamentos ou porque eles não foram incorporados pela rede pública.
De acordo com a Interfarma, o governo federal recebeu 225 pedidos para incorporação de novos medicamentos ao SUS nos últimos três anos e, até agora, avaliou apenas 171. Desse total, mais da metade foi negada (55%). “O crescimento da judicialização nos mostra que precisamos discutir o problema do acesso. O mesmo Brasil bem sucedido em oferecer tratamento para as doenças básicas tem dificuldade no atendimento de doenças crônicas e complexas”, diz Antonio Britto, presidente da Interfarma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *