SAÚDE SEM SUSTO
Para Sociedade Setor 13/01/2018

SAÚDE SEM SUSTO

IstoÉ Dinheiro

Jornalista: Hugo Cilo

Se existem setores promissores no Brasil, um deles, com certeza, é o de saúde privada. A falência do sistema público de saúde e os reajustes abusivos dos planos de saúde estão criando uma nova categoria intermediária: o de consultas e exames a preços populares. Uma prova disso é a Labi Exames, de São Paulo. Fundada pelo executivo Marcelo Noll (acima, à dir.) e pelo médico Octavio Fernandes, ambos ex-Dasa, a rede tem como missão facilitar o acesso à saúde a preços baixos. A meta da empresa é atender cerca de 3 milhões de pacientes por ano em 2022, com um tíquete médio de R$ 100. Com isso, a empresa alcançará faturamento de R$ 3 bilhões. “Estamos navegando em um mar nunca antes navegado, mas estamos confiantes que estamos no caminho certo”, afirma Noll.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *