União e governo do Estado dizem cumprir a lei
Setor 27/01/2014

União e governo do Estado dizem cumprir a lei

Folha de S.Paulo Online
O Estado e o governo federal dizem ter aumentado os investimentos na saúde nos últimos anos e que cumprem as leis que tratam do financiamento ao setor.
O Ministério da Saúde informou, por nota, que os gastos mais que dobraram na última década, passando de R$ 28,3 bilhões, em 2002, para R$ 92,7 bilhões, em 2013.
Segundo a pasta, entre 2010 e o ano passado foram executados R$ 325,4 bilhões em ações e serviços, o que permitiu ampliar programas, incorporar tecnologias e ofertar remédios gratuitos.
Apontou, ainda, que empenhou R$ 5,1 bilhões a mais que o mínimo exigido pela Constituição que manda o governo aplicar na saúde o valor destinado no ano anterior mais a variação do PIB.
Já o Estado disse sofrer com a “falta de disposição” da União, que deixa de enviar anualmente “R$ 1 bilhão para o financiamento do SUS”.
“O governo estadual vem realizando auxílios financeiros extras às Santas Casas, R$ 535 milhões neste ano, além de R$ 500 milhões em política de modernização dos hospitais universitários”, disse o Estado por meio de nota.
Informou que “está em dia” com a Constituição, investindo mais que o exigido não informou o índice.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *