US$ 450 mil como resultado da missão Brasil Tecnológico
Para Sociedade Setor 09/08/2016

US$ 450 mil como resultado da missão Brasil Tecnológico

Feiras do Brasil
Nos dias 12 e 13 de julho foi realizada a sétima edição da missão internacional Brasil Tecnológico pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com a embaixada do Brasil no Peru. Com foco nas exportações, internacionalização e atração de investimentos, a ação é uma das principais iniciativas da Apex-Brasil para promoção de negócios na América Latina e rendeu bons resultados para as empresas brasileiras.
Ao todo o evento contou com a participação de 42 empresas brasileiras escolhidas com base no seu diferencial tecnológico. Destas empresas, duas associadas ao Projeto Brazilian Pharma Solutions, desenvolvido em parceria entre Apex-Brasil e Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica e de Insumos Farmacêuticos (ABIQUIFI), foram selecionadas: Atina e Biolotus. Criada em 2004, a Atina busca novos ativos naturais visando atender à demanda do mercado por produtos inovadores, e ao mesmo tempo garantir fontes sustentáveis de matéria prima, garantindo confiabilidade dos produtos finais e estabelecendo condições de comércio justo para todas as partes envolvidas no processo de produção.
A Biolotus Biotech é uma empresa farmacêutica especializada em pesquisa, desenvolvimento, registro, produção, promoção, distribuição e comercialização mundial de produtos farmacêuticos de origem biotecnológica. A empresa começou a operar em 2001, concentrando suas atividades na América Latina e Caribe. Desde 2005 vem estendendo sua presença no Oriente Médio, África e Europa.
Na visão de Eduardo Roxo, Diretor de Operações da Atina, a ação foi muito importante e bem organizada. Roxo considerou que houve um bom preparo antes da viagem, com levantamento de informações de mercado exterior para cada stakeholder. Quando questionado sobre a perspectiva de negócios disse: “Estimaria que pode chegar a US$ 200 mil no próximo ano”.
O Sr. João Transmontano, CEO da Biolotus, deu seu parecer em relação ao projeto Brazilian Pharma Solutions durante a missão Brasil Tecnológico. “Foi uma ação muito positiva e bem conduzida. É uma iniciativa que leva uma excelente imagem do Brasil aos mercados de exportação”, afirmou. “A ação valorizou bastante a imagem da empresa junto às instituições que visitei e irá reforçar a nossa posição no mercado, também valorizando muito a imagem do país como fonte de tecnologias variadas para diversos mercados”, acrescentou.
Ele ainda afirmou que a expectativa de negócios para os próximos 12 meses é de cerca de US$ 250 mil. Entretanto, devido à alta regulação do mercado brasileiro, este valor poderá ser alterado após a concretização dos acordos negociados e após aprovação dos produtos discutidos. O CEO realçou que a ação também teve impacto nos negócios já existentes no Peru, devendo resultar em aumento de 30% em exportação em 2016 e de 50% em 2017.
Sobre o Brazilian Pharma Solutions
A Abiquifi (Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica e de Insumos Farmacêuticos) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) desenvolvem, em parceria, o projeto de internacionalização dos setores farmoquímico e farmacêutico brasileiro, denominado Brazilian Pharma Solutions. Conta também com o apoio de outras entidades setoriais, como Sindusfarma, Alanac, Interfarma, Pró-Genéricos e Abifina. A iniciativa visa a ampliar a participação das empresas da cadeia produtiva farmacêutica e farmoquímica brasileira no cenário internacional, objetivando o aumento das exportações, a troca de tecnologia, a atração de investimentos e a internacionalização do setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *